A necessidade de transformação das corporações é um reflexo do número progressivo de profissionais que conquistam cargos de alto escalão — chamados de C-level por causa das siglas CEO, CFO, COO — aos 30 anos.

Executivos que estão nessa faixa etária têm uma atuação diferenciada devido à disposição a aprender coisas novas e ao foco para o trabalho justamente por estarem em uma fase de construção de patrimônio — isso sem falar nos aspectos comportamentais, pois é uma geração muito dinâmica, inclinada a correr riscos e a exercer diversos tipos de liderança.

Por isso, se você se encaixa nesse perfil e deseja assumir um caro C-level, este conteúdo é para você. Confira!

Como conquistar cargos C-level?

Para atuar em um cargo de alto escalão nas companhias, é necessário saber como esses profissionais atuam, pois é uma função de grande responsabilidade que demanda uma série de atividades gerenciais disruptivas e bastante conhecimento na área.

De forma mais clara, um executivo é aquele que ocupa uma posição estratégica nas empresas dos mais variados segmentos. Isso significa que CEO, por exemplo, pode vir de qualquer esfera acadêmica, desde que tenha experiência (prática e teórica), formação e qualificações natas (ou desenvolvidas) para ser C-level.

Embora exista grande responsabilidade sobre os ombros desse talento, o cargo é extremamente concorrido, porque o reconhecimento e a remuneração são compatíveis com o grau de complexidade e a execução das funções executivas.

O que um profissional precisa para alcançar esse objetivo?

Para conquistar um cargo dessa magnitude, é preciso desenvolver características de gerência e de liderança. Veja quais são a seguir.

Visão ampla dos negócios

A pessoa que exerce atividade executiva deve ter uma visão panorâmica dos processos tanto no âmbito interno quanto no externo. Isso significa que é preciso ter um pensamento empreendedor e inquieto de modo a identificar oportunidades e tendências a fim de criar soluções eficazes para os desafios organizacionais.

O objetivo é ficar por dentro de tudo — mercado, concorrência, setores internos, equipes, crises etc. Com todos esses fatores sendo acompanhados, o profissional C-level elabora estratégias, define objetivos ousados e estabelece caminhos eficientes para atingir os melhores resultados.

Habilidade de delegar

Um bom gestor organizacional deve sempre atuar com equilíbrio, prudência e sofisticação, ou seja, é preciso evitar a sobrecarga de tarefas e responsabilidades e dar autonomia ao time. O ideal é deixar a equipe tomar decisões estratégicas sem ter de ir todas as vezes ao CEO para obter aprovação. Ele precisa atuar para fazer ajustes, remover obstáculos e amenizar medidas burocráticas para seus subordinados trabalharem.

Nesse sentido, é importante saber delegar tarefas com base na identificação de pontos fracos e fortes do seu time. Assim, é possível saber exatamente o que esperar dos talentos que compõem a companhia, bem como quais funções delegar para cada um.

Liderança

Além da comunicação estratégica e interpessoal, o executivo deve ser inspirador e motivador para todos que trabalham com ele. Logo, é válido desenvolver habilidades de liderança para prestar orientações claras e enfrentar desafios junto às equipes, não as deixando desamparadas em nenhum momento.

Como se capacitar?

As competências mencionadas no tópico anterior podem ser desenvolvidas e lapidadas por meio do estudo. Conheça duas possibilidades.

Fazer cursos de especialização

Além de ampliar os conhecimentos sobre determinada área, ter uma especialização (ou pós-graduação) é de grande importância para disputar um cargo C-level, pois significa que você investiu tempo e dinheiro para se tornar um profissional mais versátil e completo. Isso favorece sua autoconfiança em disputas para vagas executivas, aumentando as chances de contratação.

Investir em cursos livres

Os cursos livres utilizam metodologias práticas que garantem aprendizados sobre diversos segmentos e assuntos. Dessa forma, você se “desprende” da sua formação acadêmica, ampliando a área de atuação. As vantagens são:

  • aperfeiçoamento da graduação ou redirecionamento da carreira profissional;
  • ampliação da rede de contatos;
  • otimização do tempo — pois esses cursos são de curta duração;
  • foco, motivação e desenvolvimento de ideias disruptivas.

Para conquistar um cargo C-level, é preciso sair da zona de conforto e buscar conhecimentos e experiências que vão além do senso comum. O objetivo é ganhar destaque diante dos outros candidatos que disputam funções executivas com você. Atualize-se sempre!

Se você achou este conteúdo útil e quer ficar por dentro das novidades do nosso blog, não deixe de assinar nossa newsletter.

newsletter

Novidades de HSMU por e-mail

Utilizamos seus dados conforme previsto em nossos avisos de privacidade. Você pode cancelar nossa comunicação a qualquer momento. Para saber mais, clique aqui.

Quero indicar um amigo

Entre em contato com a equipe HSM University.