Se você pretende saber como conseguir um investidor anjo para abrir um negócio, saiba que o tema deste conteúdo pode ser do seu interesse. Pois aqui abordaremos sobre esses profissionais experientes, com empreendimentos já consolidados, que têm capital para investir em novas startups e que, a troco disso, esperam um percentual do empreendimento em que financiaram.

Geralmente, essas pessoas de sucesso sonham junto do futuro empreendedor, uma vez que elas cooperam desde o início e confiam no idealizador e na sua aposta de negócio, embora não tenham nenhuma garantia de que o projeto dará certo.

Ficou interessado no tema? Então, continue a leitura para saber um pouco mais sobre investidores anjos e como convencê-los.

Como funciona o investimento anjo?

Essa categoria de investidor oferece muito mais do que dinheiro, pois age como um parceiro, um orientador, a fim de instruir novos empreendedores, ajudando-os a detectar oportunidades de negócio e falhas no projeto em prol de uma gestão eficiente.

Isso reflete em uma espécie de garantia tanto para o idealizador do empreendimento quanto para o “anjo”. Ou seja, para o empreendedor, o controle societário é garantido pela Lei Complementar 155/2016, não permitindo que a startup seja gerida pelo investidor, já que, como não é sócio, não tem responsabilidade legal pela empresa.

Quais critérios o investidor anjo analisa para apoiar um empreendedor?

Cada investidor tem um perfil em mente, mas, no geral, eles consideram os seguintes fatores e qualidades do idealizador:

  • equipe: as pessoas que estão por trás da ideia de negócio, o time profissional e o seu poder de influência e execução;
  • mentalidade: não no sentido de intelecto, mas sim de raciocinar rápido, ser flexível, saber improvisar, já que o projeto pode não funcionar como o planejado;
  • entusiasmo: o empreendedor deve convencer os investidores de que o seu propósito comercial é bom e viável. E isso deve motivar a equipe que deseja formar, especialmente se não tiver dinheiro para remunerá-la no início.

Como conseguir um investidor anjo?

Para atraí-lo, basta ter foco, ousadia e seguir as seguintes recomendações.

Descubra o seu propósito

Em vez de pensar apenas em faturar, pergunte-se qual é a sua paixão, ou seja, aquilo que você realmente quer fazer por muito tempo. Dessa forma, você terá a segurança necessária para convencer o investidor a embarcar no seu sonho profissional.

Tenha algo inovador para oferecer

“Anjos” avaliam duas características: o risco do investimento e o retorno esperado. Portanto, mostre que a sua proposta é inovadora e consistente. Explique claramente qual é o tripé do projeto:

  • problema;
  • solução;
  • modelo de negócio.

Indique a demanda de mercado que pretende atender, como a sua solução (produto/serviço) resolverá o problema e como você lucrará com o seu modelo de negócio.

Conheça o anjo

Levante os seus ramos de interesse, a sua escala de investimento e como o investidor pode contribuir para uma startup de sucesso. Em geral, os “anjos” ajudam empreendimentos que são compatíveis com o seu ramo de atuação e que pretendem trabalhar nas áreas onde eles já têm vivência mercadológica.

Prepare um bom pitch

Pitch nada mais é do que uma apresentação resumida, de até 5 minutos, que tem o propósito de atrair possíveis investidores para o seu projeto. Pode ser uma demonstração somente verbal por meio de slides (até cinco “lâminas”) ou vídeos curtos. Invista um bom tempo na produção desses conteúdos para exibir um plano de negócio estruturado e escalável.

E então, o que achou das nossas dicas de como conseguir um investidor anjo para o seu futuro negócio? Para aumentar as chances de sucesso em suas abordagens, frequente cursos, eventos e palestras para estabelecer contatos promissores e ficar atento às novidades do mercado. Boa sorte!

Se você gostou deste artigo e deseja ficar por dentro de novidades, assine a nossa newsletter gratuitamente!