A cultura organizacional corresponde a diversos papéis, normas e valores que orientam uma companhia e são vistos como indispensáveis para uma empresa crescer e alcançar os objetivos desejados pela gerência.

Também é possível afirmar que ela é a forma como a equipe nota as peculiaridades da organização e a maneira de negociar, conduzir projetos, atender o público e tratar os colaboradores. Essa cultura é assumida pelas maiores empresas de sucesso, e você precisa adotá-la para se destacar no mercado.

Quer saber como desenvolver a cultura da sua empresa. Então, continue lendo este conteúdo.

Qual é a importância da cultura organizacional para a empresa?

É essencial que todos os profissionais compreendam e partilhem dos mesmos valores da companhia para estabelecer um vínculo mútuo entre as partes. Absorver a cultura empresarial afeta diretamente a conduta dos colaboradores, impactando a imagem passada ao público consumidor. Isso gera aceitação e favorece o consumo de mercadorias e serviços da marca.

A formação de uma reputação sólida da empresa por meio da cultura é indispensável para seu crescimento. Um time coeso, que assimila bem os princípios internos do negócio, consegue melhorar os resultados operacionais ou até mesmo se recuperar diante de dificuldades. Há uma colaboração mútua entre os diferentes talentos que fazem parte de uma empresa, um esforço único em prol do cumprimento dos objetivos.

Uma cultura organizacional eficaz pode aumentar o engajamento do público interno e ajudá-lo a crescer junto à instituição. Por outro lado, a falta dela consegue comprometer a produtividade geral, levando ao absenteísmo e à rotatividade.

Quais são as melhores estratégias para construir a cultura organizacional?

Existe uma infinidade de abordagens aplicáveis para tal finalidade, mas a base para o modelo de liderança corresponde aos seguintes métodos.

Construir e reconhecer os valores operacionais

Reúna-se com a gerência para determinar e identificar os valores operacionais. Mapeie todo o propósito do negócio para reconhecer os valores que configuram sua razão de existência. Com isso, você consegue identificar novas demandas de conduta capazes de otimizar as operações diárias e elevar a competitividade da sua marca no mercado.

Compreender os diferenciais da empresa

Os diferenciais da empresa, assim como os de comportamento, produtos e serviços, devem ser incorporados à liderança a fim de tirar proveito cultural. Ao fazer isso, é possível instruir as equipes com propriedade, garantindo que todos os envolvidos consigam aderir às normas com naturalidade.

Recrutar talentos alinhados

Não adianta construir uma cultura organizacional exemplar sem ter profissionais preparados para adotá-la corretamente. Por isso, recrute talentos que demonstrem compromisso em “vestir a camisa da empresa”. Tal perfil costuma ser flexível quanto às mudanças necessárias que surgem no meio do caminho, além de contribuir com sugestões que podem fazer uma enorme diferença a médio e longo prazo.

Quais são as vantagens da aplicação dessa estratégia?

Os benefícios são diversos. Vamos aos principais que fazem da cultura organizacional uma peça-chave para a sustentabilidade da empresa. Veja.

Define a identidade organizacional

Toda companhia tem sua identidade, ou seja, uma “personalidade” estabelecida por fatores como missão, valores e visão. O aspecto cultural colabora diretamente com a formação dessa identidade própria e exclusiva.

Constrói uma imagem positiva

Uma cultura exemplar pode transformar colaboradores em defensores da instituição. Ao se sentirem valorizados pela companhia, eles repassam essa sensação de orgulho para fora, contagiando outras pessoas e construindo uma reputação positiva no mercado. Isso atinge fornecedores, parceiros e consumidores.

Forma uma equipe colaborativa

Quando os profissionais aderem à cultura da empresa, transmitem as normas em suas tarefas de rotina, além de orientar e envolver novos talentos no mesmo clima. Essa cooperação deixa a etapa de integração mais eficiente, permitindo que colaboradores recém-chegados exerçam todo o seu potencial logo nos primeiros dias, banindo crenças limitantes.

Como visto, a cultura organizacional é o alicerce para o êxito profissional e mercadológico de um empreendimento. Portanto, elabore-a com bastante zelo e engajamento (sempre pensando no capital humano interno e externo) para que todos reconheçam sua instituição por meio do modo de atuação dela.

Gostou deste material? Curta nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades da HSM University.

Quero indicar um amigo