Todo líder realiza diversas negociações diariamente, seja com a equipe de trabalho, seja com clientes e fornecedores. Com a dinâmica do mercado, essa tarefa nem sempre é simples, pois as necessidades do ambiente corporativo mudam com frequência. Nesse cenário, manter-se atualizado por meio de um curso de negociação é fundamental.

líder pode negociar metas, objetivos, ideias, verbas, prazos, preços, prioridades, parcerias, entre outros fatores. Por isso, ter um perfil negociador é uma das principais habilidades de um profissional de sucesso.

Continue a leitura e confira como você pode aprimorar a sua capacidade de negociação, principalmente em ambientes de mudanças recorrentes e velozes!

Por que realizar um curso de negociação é importante para sua carreira?

Ao contrário do que muitos pensam, as habilidades para negociar não precisam ser um dom, ou seja, podem ser aprendidas. Embora algumas pessoas consigam negociar com mais facilidade que outras, o aprendizado é possível. Há conhecimentos e técnicas que podem ser assimilados por qualquer pessoa que esteja realmente interessada em se aperfeiçoar no ramo de vendas.

Aprender a negociar usando as melhores técnicas e tratando o outro com respeito permite trabalhar todas as informações com mais facilidade e de forma mais direta. Claro que o estudo direcionado também promove o aprimoramento das habilidades natas do aluno (as soft skills), o que será de muita conveniência na prática da profissão. Veja como um bom curso de negociação é importante para sua carreira:

Desenvolve confiança

Quando o profissional conhece bem as técnicas de venda, consegue efetuar um trabalho mais eficaz e sabe como se comportar perante situações inusitadas. Assim, ele sabe se manter mais confiante diante dos clientes. Isso é bom para o profissional e a empresa, garantindo que ele se posicione mesmo diante de clientes mais resistentes.

A falta de confiança, em qualquer atividade, pode levar ao fracasso. Os consumidores tendem a desistir logo diante de alguém inseguro, que não é capaz de transmitir seus conhecimentos ou não possui os conhecimentos necessários para persuadir o cliente. Essa reação do potencial cliente é natural, pois se nem o próprio negociador confia em si mesmo, em suas palavras, como o outro poderá confiar?

Considere, por exemplo, os grandes oradores, sejam políticos, religiosos ou de outra categoria. Eles falam com tanta ênfase que persuadem a maioria das pessoas sobre a veracidade do que estão dizendo. Nem sempre existe uma verdade absoluta, mas ainda assim as pessoas se convencem de que existe.

O negociador não precisa chegar a tanto, mas o exemplo confirma que desenvolver confiança é fundamental para iniciar, sustentar e encerrar uma negociação. Negociar também é uma arte que requer algumas qualidades especiais do profissional, inclusive a de desenvolver confiança e passar isso para os consumidores.

Melhora sua capacidade de entender

O curso de negociação também melhora a capacidade de fazer a previsão de comportamentos de pessoas em situações competitivas. O curso permite:

  • explorar os objetivos da negociação;
  • aprender sobre as características de um negócio eficaz;
  • compreender como as expectativas direcionam o comportamento.

Um bom curso prepara o profissional para administrar todo o processo de negociação.

Aprende técnicas de persuasão

Quem compra ou vende precisa compreender um pouco de psicologia para fazer com que o potencial comprador aceite seus argumentos. Com a ajuda de técnicas de persuasão, pode-se obter um aumento no total de vendas, considerando que a capacidade de convencimento do profissional convencerá a outra pessoa a concordar e aceitar o que ele está falando.

Entre as diferentes técnicas, podemos citar a reciprocidade que consiste em oferecer gratuitamente alguma coisa ao potencial cliente de maneira que ele se sinta feliz pela gentileza. Na maioria das vezes, quem recebeu o brinde acaba retornando à loja para comprar algum produto, com o objetivo de retribuir gentileza.

Quando se tratar de fazer negócios com um fornecedor, a técnica pode ser utilizada assim: o negociador oferece um pagamento à vista em troca de um desconto. Atualmente, essa já é uma proposta muito utilizada visto que os fornecedores sempre estão dispostos a dar descontos aos clientes que pagam à vista — já que o pagamento parcelado se tornou uma tendência generalizada, mesmo entre aqueles que têm condições de pagar à vista.

Como o líder pode se aprimorar fazendo um curso de negociação?

Nessa parte, vamos nos deter mais especificamente nas maneiras como um líder pode efetivamente melhorar seu trabalho depois de fazer um curso de negociação de boa qualidade, voltado para executivos de cargos de liderança em uma organização.

Identifica o que precisa ser melhorado

O esforço para melhorar a capacidade de negociar exige a compreensão dos fatores que a condicionam. A competência do negociador se baseia em três conjuntos de habilidades: interpessoais, estratégicas e técnicas.

Além disso, o sucesso de uma negociação depende de mais do que a própria competência do profissional. É importante compreender os aspectos relacionados à motivação e às particularidades da situação. Essas habilidades e posturas podem ser desenvolvidas e devem ser trabalhadas em conjunto.

O resultado da negociação pode ser definido de várias formas. Um desfecho que é desfavorável em uma situação não é, necessariamente, em outras. Por isso, o profissional deve avaliar o que funciona e o que não causa os efeitos desejados no seu negócio.

Realizar um curso direcionado

Saber se destacar em ambientes competitivos é uma das habilidades mais importantes para desenvolver resultados efetivos nos mais diversos níveis de complexidade. Negociar de forma eficiente em diferentes ambientes garante vantagens que pareciam improváveis em determinadas situações.

Além disso, a maior complexidade econômica na era digital dificulta os negócios e exige mais dos líderes negociadores. Por isso, a atualização constante é uma verdadeira necessidade. Fazer um curso de negociação é fundamental para entender como executar um bom acordo nos mais diversos setores.

Ter inteligência emocional

Para ter sucesso nas negociações, é necessário entender e gerir o papel dos componentes emocionais que essa situação desencadeia. Ter consciência das emoções de todas as partes envolvidas no processo é essencial para que elas possam ser controladas.

Nesse momento, é importante saber controlar e lidar com os impulsos negativos como frustração, ansiedade, tristeza e raiva. Saber quais são os seus pontos fortes e quais os que precisa melhorar faz parte do autoconhecimento.

Desenvolver a habilidade de gerir suas emoções — ter inteligência emocional, eleva a autoconfiança e a autoestima, contribuindo para encontrar soluções para problemas enfrentados durante negociações. Administrar conflitos é uma das situações que mais exigem o uso de autocontrole para demonstrar equilíbrio entre razão e emoção.

A melhor forma de aprimorar habilidades é a captação. É possível encontrar formações de curta duração, como o curso de Negociação em Ambiente de Rápida Mudança que ajuda a compreender os principais modelos de negociação e a desenvolver competências para um mundo em disrupção digital.

Quer aprimorar a sua capacidade de negociação com um curso online de qualidade? Então, continue a leitura dos posts de nosso blog. Aprender mais nunca é demais! Veja como fazer negociações em ambientes de rápida mudança.