As possibilidades do mercado de tecnologia não param de crescer. A área é muito importante para empresas de todos os portes e segmentos, que precisam de profissionais qualificados para ganhar vantagens competitivas. Nesse contexto, o desenvolvedor front end se destaca como uma das profissões do futuro.

Pensando nisso, preparamos este artigo para que você possa conhecer essa profissão e entender porque ela deve ser considerada por quem deseja migrar para uma carreira em tecnologia. Boa leitura!

O desenvolvedor front end

O desenvolvedor front end atua diretamente com a área de interação de um sistema com os usuários. Por isso, é fundamental que esse profissional se preocupe com a experiência do cliente. Além disso, ele deve dominar algumas linguagens de programação, como:

  • HTML;
  • JavaScript;
  • CSS.

Com os avanços do mercado, a área passou a receber outras linguagens e pseudolinguagens que podem ser aplicadas de acordo com as necessidades dos usuários e das empresas de desenvolvimento de software.

Em geral, o desenvolvedor front end se preocupa mais com a parte criativa e artística dos aplicativos. No entanto, quem trabalha com front end, mas tem um perfil mais amplo, tende a ter mais intimidade com programação e suas variações.

Para se destacar nesse cargo, é preciso ter algumas características comportamentais, como ser meticuloso, flexível e saber trabalhar em equipe. Além disso, o profissional deve estar atualizado com as novas tendências, como frameworks e bibliotecas de dados.

O mercado de trabalho para front end

A carreira front end está entre as profissões mais promissoras do mercado, isso graças aos investimentos em transformação digital nas empresas e a disseminação de startups. A falta de profissionais capacitados mostra a importância de conhecer linguagens modernas e sistemas operacionais, como Android e iOS.

Esses profissionais encontram oportunidades em grandes empresas de desenvolvimento de softwares e também em outros setores. O mercado automotivo, por exemplo, precisa de desenvolvedores para seus computadores de bordo. Além disso, é possível atuar de forma autônoma.

A importância da capacitação para ser um desenvolvedor front end

A tecnologia de criação de software muda constantemente, daí a necessidade do desenvolvedor front end estar sempre atualizado. Para isso, é fundamental investir em um curso de capacitação profissional oferecido por instituições de ensino de credibilidade.

Ao fazer um curso na área, você ficará mais perto de ter uma carreira de sucesso no mundo da tecnologia. A HSMU conecta seus alunos com o mercado de trabalho por meio de conteúdos relevantes em uma plataforma que permite o networking e a tutoria peer-to-peer.

Com uma metodologia inovadora, os alunos podem programar desde a primeira aula e aprender a lógica da programação de forma prática e leve. Ao longo do curso, você vai desenvolver interfaces web ricas em informações visuais e interações com os usuários.

Com esse conhecimento, é possível participar de equipes de desenvolvimento ágil de soluções web cliente-servidor.

O desenvolvimento de sistemas envolve a criação da interface com as informações e funções que o usuário precisa. Nesse contexto, lembre-se de que o desenvolvedor front end precisa ter um bom conhecimento técnico para entregar um trabalho que esteja de acordo com as exigências e necessidades do negócio.

Gostou do assunto e quer se destacar no mercado de trabalho? Então, conheça o curso Dev Front-end da HSMu Code School!

Quero indicar um amigo