Com informações disseminadas em uma velocidade jamais vista, estamos vivendo rápidas mudanças em todos os segmentos da sociedade.

Este mundo VUCA (acrônimo em inglês para volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade) exige que miremos o futuro para encontrar os cenários desejáveis e prevenir aqueles indesejáveis, tanto no meio político, social, educacional e ambiental, quanto, claro, nos negócios.

Por isso, uma metodologia estratégica para a tomada de decisões a longo prazo é a Futures Thinking, crucial à chamada cultura da inovação. Vamos aprender sobre esse conceito? Prossiga a leitura.

O que é Futures Thinking?

Futures Thinking é uma metodologia interdisciplinar que consiste em considerar as possibilidades de futuro, por meio da exploração de tendências e hipóteses.

Mas isso não significa parar o que se está fazendo e apenas prever o futuro. Na verdade, trata-se de considerar criticamente o futuro para que as melhores decisões e ações aconteçam no presente.

Como surgiu o conceito?

Não é de hoje que os estudos do futuro acontecem, porém, o Futures Thinking ganhou força com os avanços tecnológicos e a necessidade de uma gestão apoiada por recursos de interpretação de dados, como a análise preditiva e outros métodos estatísticos.

Como ele funciona?

A metodologia do Futures Thinking utiliza o seguinte processo:

Faça uma pergunta e estabeleça um prazo

A pergunta é um ponto de partida para você determinar o que deseja pensar e, ao mesmo tempo, delimitar um prazo. Por exemplo, você pode levantar a hipótese: “o que terei de mudar em meu nicho de negócio daqui a 5 ou 10 anos?”.

Revise o mundo atual

Feito isso, é preciso “vasculhar o mundo atual” em busca de respostas. Algo que pode ser feito com o auxílio de fontes de notícias, estatísticas e até entidades dedicadas a pensar cenários futuros.

Trace as possibilidades

Durante o trabalho de campo, considere que o futuro não é único, então é necessário imaginar uma variedade de resultados. Para tanto, você pode utilizar vários arquétipos de futuro e começar a criar diferentes histórias com conteúdos como:

  • o futuro esperado;
  • o futuro melhor que o esperado;
  • o futuro pior que o esperado;
  • o futuro mais estranho que o esperado.

Faça a seguinte pergunta

Levantou diferentes pontos e trajetórias para seu futuro? Então, retorne à pergunta inicial e veja de que forma a responderia. Considere se existe alguma resposta positiva e se há maneiras de minimizar os riscos. Então, pergunte algo como: “o que acontece, afinal?” ou “para onde vamos?”.

Pense nos resultados

Então, é fundamental verificar se as soluções disponíveis hoje atendem ao futuro e quais são as opções para chegar ao resultado desejado, evitando aquilo que não se quer. Lembre que o futuro é uma escolha, mas é preciso tomar decisões calculadas e aprender com tentativas e erros.

Quais os benefícios para as empresas?

Agora veja 3 vantagens do Futures Thinking para as organizações.

Antecipar tendências

Com os estudos promovidos pelo Futures Thinking, a empresa pode antever cenários e pensar probabilidades atraentes ao negócio. Além disso, é possível se preparar para o enfrentamento de alguma adversidade.

Sair à frente dos concorrentes

Se estamos em busca de visualizar tendências, podemos nos antecipar aos concorrentes. Isso significa fazer experiências, com base nas trajetórias determinadas e, no momento oportuno, promover uma inovação pioneira no negócio/produto/serviço.

Estar preparado para possíveis problemas

Prever os cenários do futuro auxilia a não ser pego de surpresa em momentos de graves crises ou eventos inesperados. É como se a empresa fosse criando seu “arsenal de guerra” para não se desesperar diante de situações além do seu controle.

Como você vê, a era digital permitiu uma gestão totalmente baseada em dados, o que inclui prever o futuro, sem “achismos”. Por isso, com o Futures Thinking a empresa será capaz de considerar oportunidades que a ajudarão a prosperar ou enfrentar uma mudança futura para a qual a organização deve estar preparada.

Já que falamos sobre a importância dos dados na gestão, fique conosco mais um pouco e confira o que é Big Data e como trabalhar com essa profissão promissora!

Quero indicar um amigo