Muitos profissionais ficam receosos quando o gestor chega para dar um feedback, já que, em muitos casos, não é uma avaliação positiva. Contudo, é preciso entender que ter esse retorno é essencial para que o funcionário saiba como a empresa está enxergando o seu trabalho.

Aliás, ambientes que adotam essa postura demonstram transparência, tornando, dessa forma, as equipes mais produtivas e alinhadas aos objetivos do negócio.

Quer entender qual é a importância do feedback para a ascensão profissional do funcionário? Então confira o nosso post e veja como esse retorno pode melhorar o seu desempenho!

Qual é a importância do feedback para o funcionário?

Em uma analogia simples, podemos comparar o feedback a uma bússola, já que ele pode guiar os passos do profissional na empresa. Sem esse retorno, ele não tem ideia de como o seu desempenho é visto pelos gestores ou do que precisa melhorar para se destacar ou, até mesmo, para ganhar uma promoção.

É necessário deixar claro que o feedback não está relacionado à impressão pessoal de um supervisor sobre você: na verdade, é um retorno objetivo sobre o seu desempenho. Trata-se de uma ferramenta que visa a melhorar os resultados do negócio e o clima organizacional, já que é baseada na transparência.

Desse modo, mesmo que você receba uma avaliação negativa, é importante enxergá-la como uma oportunidade de crescimento. Você pode repensar sobre a sua postura, a sua relação com os colegas e clientes e, inclusive, fazer uma reflexão sobre os seus pontos fracos e o que fazer para melhorar.

Por isso, mesmo que a sua empresa não tenha a política de dar feedbacks aos membros da equipe, é fundamental pedir esse retorno. Pode ser uma reunião reservada ou por e-mail mesmo: o essencial é saber como anda o seu desempenho e o que você pode fazer para agregar mais valor ao negócio.

Quais são os tipos de feedbacks?

Agora que você já viu a importância do feedback para o funcionário, precisa conhecer o tipo de retorno que pode receber de seu gestor:

  • positivo: é uma avaliação que tem como objetivo reforçar um comportamento ou atitude do profissional;
  • negativo: é um retorno que vai apontar alguma falha ou postura inadequada do indivíduo;
  • construtivo: é o feedback que aponta as falhas, mas também é acrescido de sugestões para que o funcionário possa melhorar.

Como utilizar esse retorno para a carreira?

O feedback deve ser visto como uma oportunidade de aprendizado. Por meio dele, o funcionário descobre quais habilidades precisa aprimorar e pode pensar em caminhos para melhorar o seu desempenho.

Um feedback negativo, por exemplo, pode fazer o profissional entender que chegou o momento de se atualizar e aprimorar as suas competências com um curso de pós-graduação, como uma especialização. Sem esse retorno, ele não perceberia que está estagnado e, assim, perderia espaço no mercado.

E não tem desculpa para não buscar uma qualificação, pois hoje você encontra várias opções de formação online.

Viu só a importância do feedback para quem quer crescer na carreira? Ninguém precisa ter medo de ser avaliado, já que obter esse retorno vai ajudar você a trilhar uma trajetória profissional de sucesso.

Falando ainda sobre essa questão, descubra também como dar feedback de forma assertiva!

newsletter

Novidades de HSMU por e-mail

Utilizamos seus dados conforme previsto em nossos avisos de privacidade. Você pode cancelar nossa comunicação a qualquer momento. Para saber mais, clique aqui.

Quero indicar um amigo

Entre em contato com a equipe HSM University.