Se você lida com a gestão de projetos de uma empresa, provavelmente já faz muitas pesquisas e análises da concorrência. No entanto, às vezes não há um processo ou uma estrutura adequada para isso. A inteligência de mercado surge como uma solução de aperfeiçoamento de seu desempenho.

Essa é uma estratégia muito utilizada por organizações que almejam identificar problemas e oportunidades de crescimento, além de tomar decisões mais acertadas e garantir um diferencial competitivo perante a concorrência.

Por isso, reunimos tudo sobre o tema para você, neste post. Continue a leitura e confira!

O que é a inteligência de mercado?

Também chamada de inteligência de negócio ou business intelligence, a inteligência de mercado é uma estratégia de marketing que permite coletar, gerenciar e distribuir dados — transformando-os em insights. Com isso, as empresas aumentam a sua competitividade, antecipam tendências, tornam-se mais produtivas e se adequam às mudanças e à inovação.

Qual é a importância para a empresa?

Ao elaborar o plano de negócios, os gestores devem saber quais são as melhores estratégias para atingir bons resultados. Por isso, precisam se basear em informações confiáveis e soluções eficazes. A inteligência de mercado tem essa função importante na tomada de decisões acertadas.

O objetivo é entender o ambiente de negócios para aumentar a competitividade e observar todos os aspectos que podem impactar o desenvolvimento de produtos, serviços, mercado, público, economia, entre outros. São utilizadas técnicas como análise SWOT, benchmarking, monitoramento de mídia e análise de dados.

Como aplicar a inteligência de mercado na empresa?

Em um cenário cada vez mais competitivo, com mudanças que acontecem a todo o instante, ter um departamento de inteligência de negócio se torna uma necessidade para garantir o crescimento da empresa. A seguir, confira algumas dicas essenciais de como adotar essa metodologia.

Conheça o mercado de atuação

As empresas que desejam adotar o business intelligence devem, antes de tudo, conhecer o mercado em que atuam. Faça um mapeamento do setor, de seus concorrentes diretos e indiretos e das demandas do público-alvo. Ampliar esse conhecimento permite um maior posicionamento diante da concorrência.

Identifique as oportunidades

Temos visto uma alta expansão no surgimento de startups pelo país. Essas empresas souberam identificar as oportunidades que surgiram no mercado e alcançaram destaque. O que você precisa na sua empresa é desenvolver um olhar empreendedor, e a inteligência de mercado permite identificar os pontos de melhoria no negócio.

Integre os dados

Contar com softwares de automação para Big Data é fundamental para analisar dados e disponibilizá-los em relatórios simultâneos de forma otimizada. Após reunir as informações, o próximo passo é filtrar as que serão, de fato, importantes para alcançar os objetivos da empresa a partir do planejamento de negócios.

Inove

É preciso inovar e procurar novas respostas, ou seja, acompanhar o mercado. Tudo acontece e muda muito rápido, a exemplo da transformação digital. É importante que essa busca seja feita por todos os setores da organização: produto, vendas, RH, marketing, sucesso do cliente, entre outros.

Tenha um diferencial

Muitas empresas adotam novas estratégias seguindo ações feitas por outras do setor. No entanto, em que você se diferencia da concorrência? Manter o padrão não deve ser uma opção nesses casos. Portanto, conheça os seus clientes — observando perfil, comportamento e desejos deles. A partir disso, é possível entregar uma experiência de usuário atrativa.

Como vimos, todas as empresas precisam conhecer o mercado que atuam e prestar atenção às tendências para atender às demandas e satisfazer os clientes. Para criar diferencial competitivo e se destacar, a inteligência de mercado permite analisar dados direcionados a decisões estratégicas.

Gostou do post? Aproveite para compartilhá-lo nas redes sociais e trocar as suas experiências com outros profissionais.

Quero indicar um amigo