Você sabe quais são os melhores KPIs para gestão estratégica? Acompanhar métricas é fundamental para os gestores que querem se destacar no mercado, pois toda empresa necessita de pessoas para controlar as suas operações e certificar-se de que as suas ações estão dando certo.

Em um mundo de negócios mais dinâmicos e inovadores, os indicadores de performance chegaram como uma solução eficiente para medir resultados e validar o planejamento da companhia, conforme metas e objetivos traçados.

Neste post, você vai conhecer alguns KPIs para gestão e as vantagens em contar com a análise de métricas na empresa.

O que são KPIs?

Os KPIs são Indicadores-Chave de Performance, ou seja, métricas usadas para medir o desempenho de uma ação estratégica. Basicamente, elas são aplicadas na avaliação de processos na gestão de negócios e permite acompanhar as operações, determinar se obteve sucesso ou não, além de identificar falhas e focar em resultados.

Quais KPIs usar para uma gestão estratégica?

A análise de dados deve fazer parte das aptidões do gestor de sucesso. Isso porque as operações de uma empresa dependem de pessoas para que sejam produtivas. Portanto, é essencial medir resultados para saber se questões como planejamento, metas e objetivos estão sendo alcançados. Abaixo, listamos quatro KPIs importantes na gestão estratégica.

ROI

Essa métrica mensura o retorno sobre investimento, ou seja, o valor gasto e o que ele gerou de lucro. É uma das principais métricas para avaliar resultados de serviços ofertados, campanhas e treinamentos de equipe. Na Gestão de Pessoas, por exemplo, imagine o custo necessário para treinar um time de funcionários e quanto eles contribuíram de volta por meio de novas ações, conhecimento e habilidades adquiridas.

Ticket médio

O ticket médio, como o próprio nome sugere, é o valor médio gasto por cliente em determinada empresa. Pode ser com produtos ou serviços e em estabelecimentos físicos, ou virtuais. Para identificar esse valor, o cálculo é bem simples. Basta dividir a receita bruta pela quantidade de clientes em um determinado período.

Turnover

Grandes empresas investem em seus funcionários para diminuir o índice de turnover, o que chamamos de grau de rotatividade. Essa avaliação tem o objetivo de estudar o ambiente organizacional. Em casos de elevado percentual desse indicador, é recomendado apostar mais na valorização de talentos da empresa. Uma boa prática é adotar ferramentas de People Analytics.

Taxa de satisfação de cliente

Sabendo o grau de satisfação dos clientes, o gestor identificará quais são os pontos que precisam de melhorias e por qual razão. Essa informação pode ser colhida por meio de questionários aplicados na pós-venda por e-mail, por exemplo. Conhecer o problema inicialmente evita transtornos futuros e possibilita melhora nos resultados.

Por que acompanhar essas métricas?

Contar com os indicadores de qualidade ajuda os gestores a alcançar os objetivos da empresa e traçar os melhores caminhos, a partir de análises e planejamento estratégico. Uma das vantagens é a melhora na tomada de decisões, visto que há mais embasamento e informações concretas sobre o negócio. Com isso, erros e retrabalhos são evitados.

Conhecer os principais KPIs para gestão é crucial para compreender a real situação da empresa, diagnosticar falhas, elaborar planos de melhoria, criar relatórios com foco em resultados e intermediar os processos internos. Dessa forma, o profissional adquire autoridade e representatividade, além de contribuir para o crescimento da organização.

Quer garantir a leitura em primeira mão de outros conteúdos valiosos como este? Então, assine agora a nossa newsletter e fique por dentro das novidades sobre gestão de negócios!