Todo líder precisa de uma série de ferramentas que facilitem sua tomada de decisão, especialmente porque o volume de dados gerado por qualquer empresa é enorme na atualidade. Entre elas, estão os relatórios de gestão, essenciais para você ter em mãos informações indispensáveis à adoção de estratégias certeiras, livres de “achismo” ou meramente intuitivas.

Neste artigo, vamos explicar o que são esses relatórios e ainda dar 5 dicas para que você aprenda a fazê-lo de forma eficiente. Se quiser aprender mais o assunto, basta continuar a leitura.

O que são relatórios de gestão?

Podemos definir relatório de gestão como um documento que os gestores utilizam para administrar, tomar decisões e monitorar o progresso da organização. Trata-se de uma forma de inteligência de negócio, pois geralmente contém dados e análises de desempenho.

Os relatórios de gestão têm múltiplas funções, logo variam em conteúdo e amplitude. Podem ser grandes compêndios de informações que envolvem balancetes financeiros, metas alcançadas, comparativos por período de tempo, fluxo de caixa etc., bem como ser específicos de um departamento ou conter um único estudo ― orçamento operacional ou resultados da campanha de marketing, por exemplo. Os objetivos dos relatórios de gestão são:

  • monitorar KPIs (Key Performance Indicators) específicas;
  • entender o status e a saúde do negócio;
  • aumentar o mindset empreendedor e habilidades das equipes;
  • garantir melhor comunicação interna;
  • estabelecer um plano de ação e orientar os próximos passos;
  • acompanhar o desempenho empresarial.

Como fazer bons relatórios de gestão?

Entendida a definição de relatório de gestão, é hora de saber como criar documentos satisfatórios. Então, veja as 5 dicas que separamos na sequência.

1. Defina objetivos

Todo relatório de gestão é preparado por um motivo. Então, comece inserindo os objetivos gerais e específicos do documento, que devem refletir sua utilidade para a gestão.

Além disso, como eles precisam ser claros antes mesmo de iniciar o processo, selecione cuidadosamente as informações que serão apresentadas para que estejam alinhadas ao objetivo descrito.

2. Estabeleça boas métricas

Para que seja mais fácil de os gestores entenderem as metas, é importante que você determine os KPIs mais relevantes. As visões gerenciais serão mais amplas e de longo prazo com métricas claras e bem distribuídas ao longo do documento.

Não se esqueça também de usar uma combinação de dados concretos e uma narrativa para apresentar seus resultados. Dessa maneira, a comunicação fica mais clara e facilita responder às perguntas dos gestores.

3. Trace uma linha do tempo comparativa

Comparar informações é importante para saber onde estamos e a que ponto queremos chegar. Por isso, invista em ilustrações, como gráficos, painéis, mapas e timelines para demonstrar visualmente os dados históricos e em tempo real.

4. Invista em ferramentas automatizadas

Fica muito mais eficiente fazer um relatório de gestão com o uso de aplicativos e softwares. Essas tecnologias não apenas simplificam essa tarefa, como também otimizam seu tempo e garantem um resultado muito mais satisfatório.

Ferramentas de Business Intelligence são as mais indicadas porque coletam, organizam, classificam e analisam os dados, o que facilita o seu trabalho. Mas você também pode utilizar ferramentas mais simples, como Google Data Studio, que transforma informações em relatórios gerenciais agradáveis, intuitivos e fáceis de entender.

5. Faça uma revisão final

Parece redundante, mas é bom lembrar de que, depois de tudo pronto, é hora de fazer uma revisão cuidadosa. Nesta fase, você precisa se certificar de que o texto não contém erros gramaticais, dados incompatíveis e informações falsas. Isso dará credibilidade ao documento e garantirá que cumpre o papel de facilitar a gestão empresarial.

Como dissemos acima, os relatórios de gestão fornecem subsídios para que as decisões sejam tomadas de maneira clara. Sem dados fidedignos, as chances de ocorrerem erros aumentam muito, e isso causa graves problemas na empresa. Os maiores gestores sempre apoiam suas decisões em dados estatísticos, os quais são facilmente obtidos por meio de diferentes técnicas analíticas.

Gostou de saber como produzir um relatório de gestão eficiente? Então, coloque em prática agora mesmo esses conhecimentos. Aproveite e siga-nos nas redes sociais para acessar mais conteúdos do mundo corporativo! Estamos no Facebook, LinkedIn, Twitter e YouTube!

Quero indicar um amigo