Toda empresa está fadada a ter conflitos. Isso é algo que pode ser controlado, mas nem sempre evitado. Esses contratempos envolvem colaboradores e diretores que trabalham na mesma organização e, até mesmo, colegas de trabalho. Seja qual for a situação, é de suma importância ter uma gestão de conflitos, uma forma de contornar essas circunstâncias da melhor maneira possível.

Por outro lado, quando os empreendedores não se preocupam com essas contrariedades, são significativamente prejudicados. É recomendado que essas adversidades sejam resolvidas o mais breve possível, pois qualquer demora tende a torná-la ainda mais inconveniente.

Elaboramos este artigo para apresentar por que a resolução de conflitos é essencial para pequenos e grandes negócios. Boa leitura!

O que é resolução de conflitos?

Trata-se de um acordo fechado entre duas ou mais pessoas com o objetivo de solucionar alguma inconveniência. Esse processo, que envolve diferentes práticas e estratégias, pode ser formal ou informal.

Os profissionais que medeiam essas circunstâncias são responsáveis por encontrar uma saída aos conflitos. Geralmente, eles têm alguma formação nesse ramo ou até mesmo uma pós-graduação em gestão de pessoas.

Esse tipo de resolução serve para quaisquer aborrecimentos, inclusive aqueles que envolvem questões emocionais e omissões no ambiente profissional. Sem um controle eficaz, torna-se ainda mais difícil trazer a paz de volta entre os colaboradores no local de trabalho.

Além das discordâncias causarem um desconforto a todos os indivíduos de uma organização, elas ainda prejudicam a gestão empresarial.

Como fazer a resolução de conflitos?

Mas qual seria a melhor maneira de fazer a resolução de conflitos? A resposta para essa pergunta não poderia ser outra além de seguir um método coerente e eficaz. A solução deve ser razoável e compreender todas as pessoas envolvidas na ocasião. Há três formas de elaborar resoluções, seja por autotutela, heterocomposição ou autocomposição, sendo esta a mais conhecida e utilizada.

Quais são as principais técnicas de resolução de conflitos?

Escuta ativa, parafraseamento, caucus e brainstorming são as técnicas mais comuns de resolução. De forma geral, elas servem para todas as pessoas envolvidas compartilharem suas experiências e ouvirem o que cada um tem a dizer. Além disso, ajudam a criar uma relação de confiança para que a situação seja resolvida, reduzindo a chance de conflitos ainda maiores.

Que benefícios elas geram?

O principal benefício da resolução de conflitos é um espaço corporativo pacífico, sem adversidades entre os profissionais. Com uma energia positiva, todos na organização têm a produtividade aprimorada e trabalham com mais conforto e motivação. O desempenho é otimizado, ajudando a empresa a alcançar novas metas.

Como um curso de pós-graduação ajuda nisso?

Sabia que um curso de pós-graduação é de grande importância para os profissionais dessa área? Indicamos o curso em Gestão Estratégica de Pessoas, por ser um dos mais procurados pelos futuros profissionais que desejam atuar com a resolução de conflitos. Os alunos aprendem a aplicar uma gestão corporativa apropriada, com foco no desenvolvimento de um capital humano muito mais evoluído e alinhado aos objetivos organizacionais.

A resolução de conflitos é um assunto complexo, por isso ressaltamos a necessidade de fazer um curso específico na área, pois esse período em que os futuros profissionais são submetidos a novos conhecimentos é completamente aproveitado em suas carreiras.

Esperamos que tenha gostado do texto! Caso tenhamos despertado o seu interesse pelo assunto, aproveite que já terminou a leitura e entre em contato conosco: você precisa conhecer nossos cursos digitais!

newsletter

Novidades de HSMU por e-mail

Utilizamos seus dados conforme previsto em nossos avisos de privacidade. Você pode cancelar nossa comunicação a qualquer momento. Para saber mais, clique aqui.

Quero indicar um amigo

Entre em contato com a equipe HSM University.