Por Harley Candido

Você já ouviu falar nessa sigla: VUCA

Acredito que sim, mas caso não, deixa eu te explicar em linhas gerais o que significa essa sigla, ela é derivada das palavras em inglês Volatility (volatilidade), Uncertainty (incerteza), Complexity (complexidade) e Ambiguity (ambiguidade), ela foi utilizada na década de 90 pelo exército norte-americano, como uma forma de anteceder, por meio de planos de contingência os possíveis cenários a serem enfrentados em uma guerra, e assim eles poderiam prever como agir diante de cada situação.

E afinal, o que isso realmente quer dizer?

Pensando no mundo em que vivemos, onde estamos em constante transformação, o significado dessa sigla ganha uma amplitude no que concerne principalmente aos estudos online, pois encontramos um cenário competitivo que nos mostra a necessidade em aprender na velocidade que o mercado precisa.

E qual o papel do aluno(a) e/ou profissional nesse contexto?

 Ele precisará acompanhar essas transformações, as quais possuem diversas facetas e acontecem de forma tão rápida, será requerido desse aluno(a) e/ou profissional um aprendizado gerado por uma metodologia eficaz e inovadora, não se esquecendo é claro da autonomia e da resiliência, que os permitirão reagir de forma dinâmica, a todas as mudanças que surgirão no decorrer do caminho.

Para você entender o que estou falando, o sociólogo e filósofo polonês Zygmunt Bauman explica que essa nova realidade, da qual inclusive fazemos parte, há uma sociedade onde nada é permanente, sendo assim nos deparamos com a “modernidade liquida”, na qual tudo é passível de mudança, sendo necessário acompanhá-la.

É essa a ideia originada pela sigla VUCA, visto que, em um contexto onde as transformações acontecem de forma veloz, obter a informação não é suficiente, é preciso compreender e aceitar métodos que tornarão o seu conhecimento mais eficaz, é importante também entender que são suas emoções e a maneira que lida com as coisas complexas do mundo que tornam você uma pessoa melhor e mais preparada.

Por fim, o estudante e/ou profissional, é o protagonista de sua história, afinal acumulam experiências vivenciadas em um cenário inovador, experiências estas que os tornarão menos propensos a decepções e frustrações.

Quero indicar um amigo